Login

Register

Login

Register

blog image

10 sinais de que a sela não está “servindo” em seu cavalo

Por quê é tão importante pensar na sela? É só pensar em como seria fazer qualquer atividade com uma roupa te apertando ou com uma pedra no sapato!

O ajuste inadequado da sela afeta os pontos reflexos do seu cavalo e causa reações instintivas, em vez de comportamentos conscientes.

Mas muitos estudos parecem indicar que essas reações são resultado do erro do cavaleiro e tentam encontrar soluções para mudar seu comportamento, ou mais drasticamente, apontam a administração de produtos farmacêuticos como a única forma para resolver os problemas.

Antes de qualquer atitude devemos avaliar o animal como um todo, observar suas reações e comportamentos indesejados e procurar alguma relação com o problema.

Se o cavalo se comporta muito bem sem sela, trabalhando em liberdade, muda de atitude assim que a sela é apresentada, murchando orelhas, estufando a barriga, tenta morder quem aperta a sela, entre outras peripécias mil, é hora de avaliar o equipamento, seus pontos de pressão sobre o cavalo e os possíveis efeitos que isso já causou!

 

Como saber se a sua sela é adequada para sua montaria?

Aqui estão apenas algumas das indicações de que sua sela pode estar incomodando seu cavalo:

  • Depressões na musculatura ao redor da cernelha e/ou ao longo da coluna
  • Desenvolvimento incorreto do pescoço (pescoço de “ovelha”)
  • Cauda pendurada, torta para um lado, “pinçada” ou girando e batendo sem parar
  • Falta de engajamento nos posteriores
  • Olhos arregalados, mostrando o “branco”
  • Sapateados e mordidas na hora de colocar a sela
  • Orelhas murchas durante o trabalho
  • Inchaço ao redor da cilha após o trabalho
  • Tropeçar sem motivo
  • Coices e malcriações
  • Resistência ao avanço e refugos
  • Pelos brancos, bolhas ou calos na área da cernelha

 

Como posso saber se meu cavalo está sentindo dor por causa da sela?

Os sinais físicos do trauma em forma de sela são mais facilmente aparentes do que sinais psicológicos.

Sinais de que o seu cavalo está com dor incluem arremesso de cabeça, tropeços, problemas de língua, malcriações e resistência.

Pêlos brancos, pontos secos e atrofia muscular também são facilmente identificados visualmente.

Cada uma dessas manifestações tem como origem um problema em uma sela que não serve corretamente para o cavalo.

Questões da coluna vertebral, danos nos nervos ou lesões da cartilagem são todos resultados de selas mal ajustadas que podem levar meses ou anos para aparecer. Mas o cavalo vai demonstrar sua insatisfação diariamente, antecipando a dor da sela.

A maioria das pessoas ama seus cavalos e ficaria angustiada ao saber que selas estão causando esses problemas;

Os cavalos não se comportam conscientemente e realmente não querem nada mais do que ser amado pelo alfa (neste caso, seu cavaleiro ou amazona).

Cavalos valorizam esse vínculo entre eles e seus cavaleiros e não entendem porque esta relação é impactada pela sela – que causa dor.

Como um bom cavaleiro, você sabe intuitivamente quando algo está errado em seu relacionamento; você vê isso nos olhos do seu cavalo, você sente quando ele não está à vontade. Se ele está antecipando a dor, sabemos que sofre por muitos dias.

 

Aprendendo a escutar

Se a sela colocar pressão nos pontos reflexos ao longo da coluna do seu cavalo, por causa de um canal muito estreito, ou porque torce durante o movimento devido a assimetria natural, o cavalo irá reflexivamente abaixar suas costas para escapar da pressão/dor.

O objetivo de fazer com que o cavalo engaje os posteriores é inatingível.

Estímulos e impulso para frente são perdidos como comportamento defensivo do cavalo fora de equilíbrio! Resultando em uma experiência frustrante para o cavalo e o cavaleiro.

O cavalo gostaria de responder aos comandos que o cavaleiro lhe dá, mas a pressão sobre seus pontos reflexos inibe sua capacidade de fazê-lo.

Pense no seu reflexo do joelho – mesmo se o médico lhe disser para abster-se de chutá-lo quando ele bate sua patela, você iria de qualquer maneira. Não existe nada que você pudesse conscientemente fazer sobre isso.

Então faz sentido que uma sela que constantemente coloca pressão no reflexo do cavalo é frustrante e, eventualmente, até prejudicial para o cavalo. Digamos você dá ao seu cavalo o sinal para seguir em frente e a pressão sobre o Nervo Craniano 11 não deixa ele cumprir.

A reação reflexiva real neste momento é deixar cair as costas, travar os ombros e girar a pélvis.

Apesar de suas melhores intenções, o cavalo instintivamente não vai – e mais importante, não pode – seguir em frente. Ele experimenta a batalha interior de querer obedecer a seu cavaleiro ou a seus instintos sendo física e psicologicamente doloroso para ele.

Fonte: Blog Cavalo Atleta

Deixe seu Comentário